Cheia de cultura (parte 1).

Depois de um curso muuuuito puxado, divertido e inspirador, era praticamente obrigação ficar em Paris mais uma semana para conhecer a parte turística. Ops, quer dizer, cultural. Não é novidade que aquela cidade é quase sinônimo de arte e história, e eu, como eterna amante de ambos estava me coçando toda para passar horas passeando entre esculturas, pinturas e monumentos (também me coçava por causa dos mosquitos, mas essa é outra história).

Nos primeiros dias da semana fui com amigos na Catedral de Sacre Coeur e na famosa loja de departamento Galerie Laffayete. Depois que todos foram embora aproveitei para me jogar de cabeça nos museus. Coloquei no meu roteiro aqueles have-to-see-it como Louvre e Versailles, acrescentei dicas de amigos como o Pompidou e Orsay e até um achado do destino como o Quai Branly. Foram 4 museus em 3 dias (sendo que no Louvre e Pompidou fui 2 vezes, por causa da falta de fotos no primeiro dia) e Versailles em 1 dia. Foi cansativo, meu pé doeu (muito!) mas faria tudo de novo sem pensar duas vezes.

Catedral de Sacre Coeuri

Galerie Laffayete (e loja da Apple)

Louvre


(continua no próxiimo post)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s